PE SUB-20

Pos PE 2015 PT JG VT EM DE GP GC SG
1 CENTRAL 13 5 4 1 0 11 4 7
2 SERRA TALHADA 8 5 2 2 1 4 2 2
3 YPIRANGA 7 5 2 1 2 4 3 1
4 ATLÉTICO 6 5 2 0 3 7 8 -1
5 PESQUEIRA 5 5 1 2 2 5 6 -1
6 VERA CRUZ 5 5 1 2 2 3 4 -1
7 PORTO 5 5 1 2 2 6 9 -3
8 AMÉRICA 5 5 1 2 2 4 8 -4

Seguidores

domingo, 21 de dezembro de 2014

MELHORES MOMENTOS DE CENTRAL 4X1 PORTO PELO PE 2015

Rudison falha três vezes e Porto é golado pelo Central

O Porto perdeu mais uma vez para o Central no Estádio Luiz Lacerda. Numa tarde infeliz do goleiro Rudison, que falhou em três gols, o Gavião foi goleado implacavelmente por 4 a 1 neste domingo, pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano. Com o resultado, o Porto caiu para penúltima posição com cinco pontos. O Central lidera com treze.

As duas equipes começaram o jogo arriscando pouco no ataque. O Porto trabalhava a posse de bola, mas a defesa do Central sempre levava vantagem. O primeiro lance de perigo surgiu aos oito minutos em favor do Porto. Clebson da intermediaria arriscou o chute, o goleiro Beto chegou a tocar a bola com a ponta dos dedos, mandando para escanteio.

O jogo seguia sem grandes emoções, até que aos 20 minutos, Rudison cometeu um erro bisonho. O arqueiro do Porto jogou a bola nos pés de Ferreira. O lateral direito do Central não perdeu tempo, da intermediária mandou de cobertura, abrindo o placar para o Central. Foi a segunda erro de Rudison na competição, o arqueiro já havia falhado no segundo gol do Pesqueira no último domingo.

O gol desconcentrou o Porto, a equipe passou a errar passes no ataque e cometer faltas em seu campo defensivo. Um prato cheio para o jogo aéreo do adversário. Aos 27 minutos minutos, numa dessas faltas, Janilson mandou bola na área e André Lima subiu sem ser incomodado, cabeceando no canto direito de Rudison, que dessa nada pôde fazer.

Foi a última jogada de Janilson Madona no jogo. O lateral foi substituído dois minutos depois por Leandro Silva, por contusão.

Atrás no placar, o Porto mudou a postura, passou a apostar no jogo aéreo com lançamentos do campo de defesa para Kiros. O atacante era a figura mais lucida do ataque do Porto, mas com Etinho em mais uma tarde pouco inspirada, as jogadas ofensivas emperravam.

Aos 41, mais uma baixa para o Central. Roberto Píteo também saiu machucado dando lugar para William.

No intervalo, o técnico Elenilson Santos fez sua primeira substituição: entrou Luquinha na vaga de Caio. Mas, em mais uma jogada infeliz de Rudison surgiu o terceiro gol do Central aos cinco minutos. Numa bola alçada na área, o goleiro do Porto tentou saiu de soco, mas acabou espanando a bola na cabeça de Everton, que não pensou duas vezes e mandou por cobertura. 3 a 0 Central.

Por contusão, Elenilson fez mais uma mudança. Saiu Thaciano para a entrada de Jefinho.

O pesadelo de Rudison não parava. Aos 25 minutos, o arqueiro errou em duas saídas do gol. Na primeira não achou nada, na segunda, jogou a bola nos pés de Everton, que não teve trabalho para ampliar a goleada. 4 a 0.

O Porto seguia sendo time de uma tecla só: Kiros. Mas sua cobrança de falta aos 14 minutos foi para fora.

Neste momento, Ericks era a última aposta de Elenilson entrando na vaga de Etinho. Em vantagem no placar, Laelson Lima sacou Candinho para entrada de Juninho Silva. O objetivo era não perder força nos contra ataques. O Porto voltou a tocar bola, mas faltava poder ofensivo para o ataque.

Apenas no final, aos 39, Ericks recebeu na entrada da área, dominou e chutou no canto esquerdo de Beto, diminuindo o placar.

Com o resultado, a Patativa soma dez jogos sem perder para o rival, o Porto amarga mais uma derrota e de goleada, a oitava derrota nesta sequencia de resultados negativos contra o rival.


sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Estádio Antônio Inácio recebe sistema de irrigação

O Estádio Antônio Inácio de Souza recebeu nesta semana o sistema de irrigação. O gramado está sendo reformado para receber os jogos do Porto a partir de janeiro pelo Campeonato Pernambucano. Além do gramado, outros pontos do estádio, como banheiros, posto policial e arquibancadas estão passando por melhorias. A intenção da Liga Desportiva é que tudo fique pronto até o dia 7 de janeiro, dia em que o Porto enfrenta o Ypiranga pela oitava rodada.

CLÁSSICO COM MAIS DE 20 ANOS DE HISTÓRIA

Próximo domingo é dia de clássico em Caruaru. Porto e Central se enfrentam na 52ª edição do clássico caruaruense. Em 20 anos de história a vantagem é do Central, com 22 vitórias, contra 16 do Porto. O Gavião não vence seu maior rival desde 2011, uma sequencia de nove jogos, sendo sete vitórias do Central e dois empates.

CONFRONTOS ENTRE PORTO E CENTRAL

1- CENTRAL 2X0 PORTO (PE94)
2- PORTO 0X4 CENTRAL (PE94)
3- CENTRAL 1X0 PORTO (PE94)
4- CENTRAL 0X3 PORTO (PE95)
5- PORTO 3X2 CENTRAL (PE95)
6- CENTRAL 2X2 PORTO (PE95)
7- PORTO 1X0 CENTRAL (PE95)
8- PORTO 1X1 CENTRAL (PE96)
9- CENTRAL 3X2 PORTO (PE96)
10- PORTO 1X1 CENTRAL (PE96)
11- PORTO 2X1 CENTRAL (PE97)
12- PORTO 0X0 CENTRAL (PE97)
13- PORTO 3X2 CENTRAL (PE97)
14- PORTO 2X0 CENTRAL (PE98)
15- CENTRAL 0X1 PORTO (PE98)
16- PORTO 1X1 CENTRAL (PE00)
17- CENTRAL 0X1 PORTO (PE00)
18- PORTO 2X1 CENTRAL (PE00)
19- CENTRAL 1X1 PORTO (PE00)
20- PORTO 0X1 CENTRAL (BR00)
21- CENTRAL 0X0 PORTO (BR00)
22- PORTO 0X1 CENTRAL (PE01)
23- CENTRAL 0X2 PORTO (PE01)
24- PORTO 2X1 CENTRAL (PE01)
25- CENTRAL 2X0 PORTO (PE01)
26- CENTRAL 2X1 PORTO (Copa Jarbas Vasconcelos 02)
27- PORTO 0X0 CENTRAL (PE02)
28- CENTRAL 0X0 PORTO (PE02)
29- PORTO 2X1 CENTRAL (PE04)
30- CENTRAL 3X0 PORTO (PE04)
31- PORTO 1X1 CENTRAL (PE06)
32- CENTRAL 1X0 PORTO (PE06)
33- PORTO 2X0 CENTRAL (PE07)
34- CENTRAL 1X0 PORTO (PE07)
35- CENTRAL 1X1 PORTO (PE08)
36- PORTO 0X1 CENTRAL (PE08)
37- CENTRAL 2X3 PORTO (PE09)
38- PORTO 2X1 CENTRAL (PE09)
39- PORTO 0X1 CENTRAL (PE10)
40- CENTRAL 2X0 PORTO (PE10)
41- PORTO 2X3 CENTRAL (PE11)
42- CENTRAL 0X4 PORTO (PE11)
43- CENTRAL 4X0 PORTO (PE12)
44- PORTO 0X0 CENTRAL (PE12)
45- PORTO 0X4 CENTRAL (PE13)
46- CENTRAL 3X0 PORTO (PE13)
47- PORTO 0X3 CENTRAL (PE13)
48- PORTO 1X1 CENTRAL (PE14)
49- CENTRAL 1X0 PORTO (PE14)
50- CENTRAL 2X1 PORTO (PE14)
51- PORTO OX5 CENTRAL (PE14) 

CENTRAL 22 VITÓRIAS
PORTO 16 VITÓRIAS
EMPATES: 13

GOLS DO CENTRAL: 70
GOLS DO PORTO: 50

Maior sequencia sem derrotas para o Porto: 10 jogos entre 1996 e 2000
Maior sequencia sem derrotas para o central: 9 jogos entre 2012 até hoje.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

KIROS MARCA DUAS VEZES E PORTO VENCE A PRIMEIRA

Demorou quatro rodadas, mas finalmente o Porto comemorou a primeira vitória no Campeonato Pernambucano 2015. Depois de bater na trave no último domingo, após sofrer o gol de empate nos acréscimos, o Gavião bateu o Vera Cruz na noite desta quarta-feira por 2 a 1 no Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. A vitória deixou o Porto com cinco pontos, a dois pontos do G-2, que atualmente é ocupado por Central (10 pontos) e Ypiranga (sete pontos). Destaque para Kiros, que marcou os dois gols da Gavião.

Os visitantes imprimiram um ritmo forte desde o inicio. Aos 4 minutos, Caique recebeu pela esquerda, invadiu a área e chutou forte. Rudison precisou segurar em dois tempos para afastar o perigo.

O Porto não demorou para responder, e quando atacou foi logo marcando. Aos 13 minutos, Jackson arriscou de fora da área, a bola bateu no defensor do Vera Cruz e sobrou com Kiros, que chutou de primeira sem chance de defesa para Andrei. 1 a 0 Porto.

Aos 16, mais uma chance em favor do gavião. Luquinha pegou a sobra de fora da área, mas a bola foi sem direção, à direita do goleiro do Vera Cruz.

Com a vantagem no placar, o Porto recuou e passou a oferecer espaços ao adversário. Kiros acabou ficando isolado na frente e o vera Cruz apertou a saída de bola do Porto. Aos 23, Fabricio saiu errado, Cesinha tocou para Bala que se livrou da marcação e deixou Walber na cara do gol, mas a definição do lateral do Vera cruz saiu fraquinha facilitando a defesa de Rudson,

O Porto passou a explorar as bolas paradas com Kiros. Aos 31, o atacante cobrou falta de longe e acertou a trave de Andrei. Kiros apareceu novamente aos 43 minutos. Jackson cobrou escanteio e o atacante subiu de cabeça, a bola bateu na trave e foi afastada pela defesa.

Nos acréscimos da primeira etapa, Fabricio e Clebson vacilaram na marcação e deixaram Cesinha livre dentro da área. O atacante tabelou com Cláudio e chutou. Rudson tirou com o pé, mas a bola voltou com Cláudio, que com o gol vazio deixou tudo igual.

Na volta para o segundo tempo o Porto conseguiu um gol relâmpago. Logo aos dois minutos, Clebson cruzou da direita e encontrou Kiros que subiu livre e cabeceou no canto esquerdo de Andrei, que nada pôde fazer. 2 a 0 Porto.

O gol acabou esfriando o ânimo do Vera Cruz e deu ao Porto mais confiança para atacar. Foi de sucessão de gols perdidos para o Gavião. Primeiro com Luquinha aos nove e 12 minutos. Aos 15, Jackson cobrou falta com perigo. Três minutos depois foi a vez de Téo desperdiçar mais uma vez.

O Vera Cruz acordou apenas aos 23 minutos. Rafinha recebeu de Bala dentro da área, mas chutou no meio do gol facilitando a defesa de Rudison.

Mais uma boa sequencia de ataques do Porto. Aos 27, Téo surgiu na cara do gol, mas acertou a trave de Andrei. No minuto seguinte foi a vez de Thaciano perder de cara para o goleiro. Aos 29, Kiros cabeceou no canto, para mais uma ótima intervenção do goleiro do vera Cruz.


No final, o técnico Elenilson Santos fechou a defesa com as entradas de Caio e Geninho, nas vagas de Vagner Rosa e Téo. O Vera Cruz não encontrou forças para empatar e o placar não sofreu alteração.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

PE 2015 TEM QUATRO JOGOS NESTA QUARTA-FEIRA

A quarta do Campeonato Pernambucano 2015 acontece nesta quarta-feira com quatro jogos. Destaque para o duelo entre Serra Talhada e Central, no Nildo Pereira, em Serra Talhada. Os dois melhores times da competição se enfrentam de olho na liderança. O Central está em primeiro com sete pontos, o Serra vem na sequencia com cinco pontos. As duas equipes estão invictas na competição.

Pelo lado do Central, a única baixa será a do volante Diego Telles, suspenso pelo terceiro cartão 
amarelo. Tudo indica que o técnico Laelson Lima irá optar pelo jovem Natan.

O restante do time é o mesmo que venceu o Atlético no último domingo: Beto, Ferreira, André Lima, Everton e Leandro Silva. Natan, Fernando Pires, Diego Góis e Thiago Laranjeira. Candinho e Roberto Pítio.

Em Caruaru, o Porto vai em busca da primeira vitória na competição contra o terceiro colocado: o Vera Cruz. Em três jogos na competição foram dois empates e uma derrota.


Em Carpina, no Paulo Petribu, o Atlético recebe o Pesqueira e em Santa Cruz do Capibaribe, o Ypiranga recebe o América. Todos os jogos acontecem nesta quarta-feira às 20h.

domingo, 14 de dezembro de 2014

EMPATE COM GOSTO AMARGO EM PESQUEIRA


O Porto voltou a decepcionar mais uma vez no Campeonato Pernambucano. Em jogo válido pela terceira rodada da competição, o Gavião chegou a ficar duas vezes na frente do placar, mas não soube segurar o adversário e acabou num empate com o Pesqueira por 2 a 2.

O Porto abriu o placar com Jackson aos 12 do primeiro tempo. O time da casa empatou com Elton Luís, aos 39 minutos. Ainda na etapa inicial, Kiros, de pênalti, deixou novamente o Porto em vantagem. O jogo acabou sendo decidido nos acréscimos, Dunga marcou aos 46 minutos, decretando o empate do Pesqueira.

O resultado acabou sendo ruim para as duas equipes, que dividem a sexta posição com dois pontos, mesma pontuação que o lanterna América, que perde nos critérios de desempate.
As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. O Porto encara o vera cruz dentro de casa e o Pesqueira encara o Atlético em Carpina.

OUTROS RESULTADOS:


O Central venceu o Altético por 2 a 1 no Luiz Lacerda. Nos aflitos o Serra Talhada venceu o América por 2 a 0. Em Vitória de Santo Antão deu empate entre Vera Cruz e Ypiranga: 0 a 0.

sábado, 13 de dezembro de 2014

DESFALCADO, PORTO APOSTA EM KIROS PARA VENCER O PESQUEIRA

Se no Campeonato Brasileiro na Série D o Porto tinha uma equipe titular definida, que chegou a atuar sem modificações por seis jogos seguidos, no Campeonato Pernambucano os problemas vêm se acumulando para o treinador Elenilson Santos.

Primeiro foi a saída do lateral direito Henrique, que estava emprestado ao Porto e retornou para o Itabaiana. A direção revolveu apostar na improvisação de Evandro na posição, mas o volante improvisado não se saiu bem na estreia e perdeu posição para o prata da casa Jader. Outro setor que vem dando dor de cabeça para o treinador é a defesa. Ao que parece, Geninho e a direção não entraram em um acordo financeiro e Alisson vem atuando como titular. Para completar, Charleston precisou ser operado durante a semana após uma crise de apendicite, Fabrício deve ser o titular.

Para piorar a situação, um dos pontos fracos do time no ano passado, o ataque, novamente vem deixando a desejar. Para isso a solução encontrada foi apostar na volta de Kiros. O atacante estava treinando com o elenco desde o começo da preparação, chegou a ser sondado por outros times. Como nada foi concretizado, o atacante será titular neste domingo contra o Pesqueira, no Joaquim de Brito.

O jogo começa às 16h e marcará a estreia de Marcelo de Lima Henrique (Fifa-PE) como árbitro da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (Ceaf-PE).


O Porto deve começar a partida com: Rudison, Jader, Alisson, Fabrício e Jackson. Clebson, Mardley, Luquinha e Thaciano. Etinho e Kiros. 

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

PORTO PERDE PARA O ATLÉTICO EM CARPINA

O Porto perdeu para o Atlético por 2 a 1 na noite desta quarta-feira em partida válida pela segunda rodada do Pernambucano 2015. O  aconteceu no Estádio Paulo Petribu, em Carpina. Os atleticanos abriram o placar com Alan aos seis minutos do segundo . Aos 23, Cajá ampliou o placar. O Gavião descontou com Alisson, aos 49 minutos de jogo.
Com o resultado, o Porto ocupa a última posição da competição com apenas um ponto. O Atlético é terceiro com três.
No Estádio Nildo Pereira, Serra Talhada e Vera Cruz empataram sem gols. Já em Pesqueira no Joaquim Brito, Pesqueira e América empataram em 1 a 1. Os gols aconteceram no primeiro tempo: Elton Luís aos 16 minutos para o Pesqueira e Jackson empatou para o Mequinha aos 41 minutos.
Em Caruaru, Everton e Candinho deram a vitória de 2 a 0 do Central sobre o Ypiranga.